sexta-feira, 26 de abril de 2013

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Mesmo com todo amor que há em meu ser,
Mesmo com todo o carinho que recebo dos meus,
mesmo com todo a alegria que transpareço, e que não nego, sinto!
Ainda falta!
Faltam beijos de boa noite, com desejos de sono bueno
Faltam olhos preocupados, olhos que saibam exatamente que não é apenas uma dor de cabeça.
Faltam repreensões, palavras duras, que por tão duras salgam a face.
Faltam elogios sinceros e carinhosos
Está se chegando mais um ano, mais um gomo...
Como se a cada ciclo que passo, mais saudade sinto.
E quando me comparam a ti, dona Fernanda... É como se eu fosse tão mais eu, tão mais mulher.
A honra que carrego em levar teu nome, é a mesma responsabilidade que enfrento em seguir teus passos.
Além de tudo, prometi que trilharia meu caminho repleto de glórias, optaria pelo correto, pelo leal, pelo digno. Respeitaria os seres, amaria o próximo, e seria boa com quem me fosse bom.
Aprendi contigo, minha alfa, que devemos doar-nos e sermos nós mesmos onde quer que estejamos. 
Acredito que tentando ser como eras consiga estar mais perto de ti.
E assim eu vou, seguindo meu caminho, trilhando meu horizonte, tentando fazer um eu em ti...
Espero um dia ser a mulher que fostes, e ter a honra de possuir o sorriso mais bonito que eu já vi nos lábios de um ser..
Te amo eternante, e um dia eu prometo te reencontrar!