domingo, 7 de agosto de 2011

Um eu magoado!

Abafado, maltratado, judiado
Não respira, nem bate
Aqui dentro, sofrido
Choroso, calado
Confuso, perdido
Aqui dentro...
Não há nada restante
O tempo muda
Tudo troca de lugar
Pessoas e sentimentos
Uma vida inteira jogada ao vento
Um momento... uma súplica
Um amargo bem sevado
Um pensamento longo
Uma fala arrastada
Olhar caído
Coração partido...
            ...
Aqui dentro uma simples dor
No restante a mágoa e pranto 
Aqui dentro hoje triste,
Amanhã quem sabe um desencanto!

                               KT