domingo, 26 de junho de 2011


        ‎"Se tuas redondilhas soubessem o bel prazer que tenho em declama-las, farias decassílabos das suas curvas, numa mirada quase muda de quem pintalga uma obra em fim, pois até o querubim tem gana dos teus versos" (Andorinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário